segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

AMOROSA


Amorosa é natural de Itabaiana, tem 40 anos e 23 anos de carreira. De acordo com ela, quando era criança odiava quando seus colegas a chamavam de Amorosa ao invés de Antônia que é seu primeiro nome. Mas, foi com Amorosa que ela se popularizou não só nas salas de aula, como no cenário musical. Nossa artista cresceu num meio onde se ouvia muita música. “Meu irmão mais velho, José Menezes, era o “DJ” da família. Na hora da Ave Maria, era MPB nos tímpanos, mesmo que não tivéssemos afim. Ouvíamos de livre e espontânea “pressão””. Devido a esse estímulo com a música, aos sete ou oito anos já ouvia música local, nacional e internacional. Amoroza iniciou como radialista aos 14 anos, na Rádio Princesa da Serra. Atuou como atriz do "Grupo Asa Branca", apresentando-se em eventos como o "Encontro Latino Americano de Folclore de Caruaru - PE". Ainda em Itabaiana, escreveu peças de teatro, novelas para rádio, crônicas, além de participar como colunista social do Jornal "O Serrano", foi vencedora do I Concurso de Poesia Falada de Itabaiana, idealizou o "Encontro Cultural em Itabaiana", realizando também um simpósio com o tema: “preservação da Reserva Florestal da Serra de Itabaiana”. Além de todos esses eventos, participou do Pixinguinha 1988 em Sregipe, obtendo 1º lugar em notas e Pixingão no Rio de Janeiro, na sala Funarte
Como o leitor deve ter obeservado, Amorosa viveu grandes conquistas em sua vida artística. Além das já citadas anteriormente, obteve sua vitória no festival “Canta Nordeste” promovido pela rede globo nordeste em 93 com a música “Coco da Capsulana” de João Alberto e Ismar Barreto, recebeu prêmio Aclamação Popular no festival de Música de Cascavel no Paraná com a música "Formigueiro" de Neu Fontes,como também o prêmio de melhor intérprete do Brasil na festa da Música Brasileira em 2001 no Rio de Janeiro, interpretando a música “Salada Tupiniquim” também de Ismar Barreto. Para quem não sabe, quando Amorosa veio para Aracaju cantar na taberna do tropeiro em 1985, no mesmo ano foi levada por turistas para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, além de ser levada por Chacrinha para o Rio ganhando lá o primeiro lugar em seu programa. Amorosa também teve a experiência de ir a Europa realizar 45 apresentações entre Alemanha e Áustria, além de ter cantado ao lado de importantes nomes da música brasileira como “Leila pinheiro”, “Alceu Valença”, “Antonio Carlos e jocafi”, e “Paulo Diniz”. Participou também de outros projetos como o Pixinguinha, Pixingão no Rio de Janeiro, se contar que atuou em várias capitais do nordeste. Criou o projeto “Temporada de arte Sergipana”, o Prêmio Banese de música”. Com essa trajetória, essa artista possui 10 coletâneas e trabalhos solos como o "Iluminada", "Brejeira", "Mulher Nordestina" e "Aldeia". O projeto “Um canto a Sergipe I” é a sua paixão atual. No primeiro cd, ela o lançou ao mercado com uma tiragem de 5000 cópias, mas segundo Amorosa, este trabalho terá seqüência de mais 4 CDS onde ela interpretará músicas de alguns dos novos compositores do mercado Sergipano. Além de cantora, compositora e intérprete, essa artista já escreveu livros como o "Vôo Rasante" e "Translúcida", sem contar o lançamento do Jornal "Notas Musicais", meio de informação responsável pela divulgação da música sergipana, foi também apresentadora de um programa musical pela TV Cidade chamado "Som da Cidade".
O estilo musical dessa cantora é plural. Ela canta forró, romântico, reggae, samba reggae, frevo e até mesmo o rock. “Sou musicalmente “multimídia”( como diz um fã), filha da música que passeia nas suas mais variadas tendências. Portanto, sou livre, como livre tem que ser todos os filhos dos sons”. Mas nossa querida artista tem suas grandes referências como “Elis Regina”, “Luiz Gonzaga”, “Alceu Valença” e “Chico Buarque”. O processo de criação de Amorosa ocorre nos momentos mais inadequados como quando ela está tomando banho, dirigindo numa estrada ou acordando. Os temas que geralmente são abordados em suas letras dizem respeito aos valores da terra, mensagens que transmitam ensinamentos produtivos. “Gosto de poesia, de canções que exijam um grande intérprete. Gosto da grandeza que vem de uma melodia a uma letra bem elaborada, com sabor de eternidade”. No que diz respeito à condição do artista no cenário local, Amorosa diz que o que importa é agir na ativa. “A condição é não ser preguiçoso e correr atrás todos os dias porque ninguém vai bater sua porta para lhe dizer que você é um grande artista, mesmo que você seja”. Ao mesmo tempo Amorosa tenta abrir os olhos dos artistas. “O artista tem que aprender a cobrar das autoridades aquilo que tem direito porque existe uma fatia do erário público voltado para a nossa área; mas, como todos querem ser “estrelas” antes mesmo de brilhar, certamente não precisam comer, investir em instrumentos, ensaios, produção, gravação e equipe”.

O leitor que tiver interesse em conhecer a produção de Amorosa, é bom ficar ligado, uma vez que nossa artista lança tiragens sempre limitadas. Mas é bom observar que brevemente será lançado o site de Amorosa e ai haverá disponibilidades para conhecermos toda a sua obra.
Quem quiser entrar em contato com Amorosa e fazer contatos para shows é só ligar para os números (079) 9971-3875; 9982-3233 e 8119-1461
Seu e-mail: amorosa@infonet.com.br
Orkut: Amoroza Sergipana

7 comentários:

Regina disse...

Sou sua fã, admiro seu trabalho em defesa e divulgação da cultura nordestina e em especial da sergipana, continue com a árdua missão de leventar essa bandeira. Mesmo q n tenha a quantidade de público que deseja, acredite sempre q os seus fãns serão sempre fiéis e serão sempre pessoas seletas e de muito bom gosto.
Te vi hj no programa de clemilda, sou telespctadora assídua. Olhe o programa deu uma renovada com o novo cenário e com a participação de Minho Karva, tá show de bola.
Xeiro

José disse...

Parabéns

Sou de São Paulo e estava em Aracaju na Vespera do Dia da Mulher esse Ano e gostaria de parabenizar voce e a Banda pelo trabalho realizado na Beira Mar naquele Domingo em Defesa da Mulher.

Ana Carla disse...

olá! sou de Aracaju mesmo, e realmente: atirem a primeira pedra quem não conhece Amorosa?!
Amorosa virou uma figura quase folclórica aqui no estado. Quem não conhece o "Coco da capsulana" na voz dela?! Uma mulher forte, de personalidade, com garra ( pois viver de música no Brasil,especialmente em SE não é fácil), muito talentosa ( já tem de tudo quando o assunto é cultura!). Muito bom texto, sou admiradora de todo tipo de arte sergipano, e a Amorosa, a gente tem q bater palma de pé!
Bjaum a todos!

KBLERA disse...

OLÁ AMOROSA, ME CHAMO KBLERA(NOME ARTISTICO, MORO EM SAMPA MÁS, SOU DE ARACAJU, DO BUGIO.COMO VIVO COM MUITA SAUDADE, ESTOU SEMPRE LIGADO AO QUE ACONTEÇE POR AÍ. VI VC OUTRO DIA NUM PROGRAMA DO FARO E ME SENTI MUITO FELIZ, POIS VC É,CULTURALMENTE, UMA GRANDE REPRESENTATIVIDADE DO NOSSO ESTADO.
VIVO NA BATALHA POR AQUI TB, SEGUE UM LINK DO MEU TRABALHO PRÓPRIO PARA EU MELHOR ME APRESENTAR OK, BJOS!!E SUCESSO!
http://www.youtube.com/watch?v=OwfZR8JnEa0

keell disse...

Olá Amorosa, me chamo Raquel estudo no Colégio Estadual Poeta José Sampaio em Carmóplis. E estamos realizando no Colégio um projeto cujo tema é: Cantores Sergipanos. Graças a esse projeto podemos conhecer um pouco mais sobre sua vida e seu trabalho.
Pesquisamos muito sobre você e soubemos de seu esforço para preservar e divulgar a cultura sergina.
Admiro muito sua força e seu talento.
Lhe desejo muito mais sucesso, e felllicidade!!!

karolaine disse...

amorosa vc e muito especial em cluzivi eu estou pesquisando sua biografia

Denisson Santos disse...

Olá Amorosa, gostaria de pedir-lhe um favor: que me ajude a divulgar o furto do meu instrumento.

Me chamo Denisson Santos sou músico da Orquestra Sinfônica de Sergipe e no dia 18/03 tive meu carro arrombado em frente ao DETRAN, levaram minha trompa, instrumento de trabalho que tinha acabado de comprar e preciso dele para realizar minhas atividades na ORSSE. por favor, se possível for, divulgue este apelo no seu programa Forrobodó: "Senhor ladrão, por favor devolva meu instrumento, ele tem um grande valor sentimental e preciso dele para trabalhar"

Coloquei um cartaz do instrumento para download no link: www.joaninhababy.com.br/cartaz_trompa.pdf

Desde já agradeço

Denisson Santos - Trompista ORSSE
denisson@msn.com
79-91620756