terça-feira, 15 de janeiro de 2008

DEJAIR BENJAMIM


Dejair Benjamim nasceu em Propriá/SE, em março de 1976. Atualmente é formando em Administração e Gerente Financeiro do Hospital Psiquiátrico São Marcello. Dejair Benjamim se interessou pelo heavy metal aos 12 anos e, dois anos depois, lança o fanzine “Fabulous Disaster”, com ótima repercussão no movimento underground sergipano, além de circulação em diversos outros Estados. Aos 16 anos muda-se para Aracaju, quando começa a estudar contrabaixo e, em janeiro de 1996, monta a banda de heavy metal “Tchandala”. A primeira formação da "Tchandala" era Pidele Menezes no vocal, Dejair Benjamim no baixo, Hudson Codô na bateria e Silvio Beiju na guitarra. Na segunda formação, sai Silvio Beiju, e acrescentam-se mais duas guitarras tocadas por Fabiano e Bruno Marques. Hudson Codô também sai dando lugar para André Moreira assumir a bateria. Na terceira e última formação a banda passa por algumas mudanças. Dejair Bonjamim assume o comando do vocal, a guitarra passa para Carlos Cardoso, Sandro Souza toca o baixo, André Moreira a bateria e James Freitas o teclado (Ver a biografia de James no blog). A “Tchandala” lançou as demos “The Beginning...” (1998) e “One Billion Light” (2001) e o CD independente “Fantastic Darkness” (2001) com divulgação nacional e com boa aceitação pela mídia especializada, como as revistas Rock Brigade, Roadie Crew, Vahalla, Rock Press. A “Tchandala” fez shows de abertura para importantes nomes do metal nacional como “Angra”, “Shaman”, “Viper”,“Dominus Praelii”, “Clamus”, “Predator”, “Krisiun”, “Andralls”, “Deadly Fate” e “Violator”. Paralelamente Dejair tocou contrabaixo na banda “Karne Krua”, em 1998, na qual gravou o CD demo “Máscaras para o Caos”. A "Karne Krua" era composta por Silvio Campos no vocal, Wendell Miranda na guitarra, Dejair Benjamim no Baixo e Val Lima na Bateria. Além desses projetos, Dejair Benjamim participou de diversas coletâneas nacionais e do Tributo de bandas brasileiras à banda norte-americana “Anthrax” com a música “Among the Living”.
As influências musicais de Dejair Benjamim são as bandas dos anos 1980, tais como “Dio”, “Wasp”, “Twisted Sister”, “Judas Priest”, “Black Sabbath”, “Deep Purple”, “Iron Maiden”, “Metallica”, “Testament”, dentre outras. As temáticas abordadas geralmente nas letras dizem respeito a sentimentos como amor, ódio, solidão, situações cotidianas, visão do mundo atual, etc. No que se refere à condição do artista no cenário local, Dejair observa que o cenário sergipano é um dos mais ricos e diversificados, mas que segundo nosso artista, "são grupos que vivem do "faça você mesmo", sozinhos e independentes e que seguram toda a cena local". De acordo com Dejair, "se os artistas tivessem um apoio mais forte e fossemos reconhecidos pelos grandes empresários e midias locais fariamos uma alavancagem na cultura underground sergipana".

Contatos para Dejair Benjamim são: celular(79) 9906-9944; e-mail:dbenjamim@gmail.com

Nenhum comentário: