quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

IVAN REIS


Ivan Reis é Estanciano mas se considera nascido em Aracaju, pois nasceu na capital e viveu em Estância a vida toda. Ivan sempre gostou de cantar. Esse seu hábito vem desde a infância. As músicas dos filmes e desenhos que assistia na infância o fascinavam. No fim dos 80 e início dos 90, as rádios e programas de TV que tocavam músicas do rock nacional e da MPB, motivavam-no a cantá-las com sua mãe. Sua mãe sempre o incentivou a cantar. Ivan começou a se incentivar a fundo com a música quando aprendeu a tocar violão aos 12 anos por influência de amigos da escola que tocavam há mais tempo. Logo depois se interessou por guitarra e hoje se considera um cantor/compositor que toca guitarra. Na adolescência, participou de inúmeras bandas de rock, mas nenhuma delas vingou. Essas bandas geralmente eram compostas por João Antônio na guitarra, Rodrigo Lima que atualmente toca na "Uma Ruma" e na "Psicodélicos e Psicóticos" na bateria e Allan Villanova no teclado.
De acordo com Ivan, o rock continua muito latente em sua música até hoje. Já participou de nove festivais, nos quais já ganhou prêmio de aclamação popular com a música “A Voz de Deus" e "De Passagem”, levou o 2º lugar com a música “Lobo do Mar”, 3º lugar e Melhor Intérprete com a composição “Um Milhão de Passos” e foi finalista em quase todos eles, exceto pelo Prêmio Banese de Música Ismar Barreto, em 2006. Participou também do FEMUSIC em Maringá no Paraná em 2007, dividindo o palco com pessoas de todo o Brasil. O show mais importante foi o do MPB Petrobrás, que teve grande repercussão em Sergipe. Depois desse show fez uma entrevista no Jornal de Sergipe com direito a ter uma matéria especial para ele, entre outras entrevistas em outros canais televisivos. Atualmente tocam com Ivan Rafael Jr na bateria, Robson Souza no baixo, além de Plínio que assume o teclado e que acaba de integrar a banda. Ivan tem como planos gravar seu primeiro disco. Após isso, espera movimentar mais a agenda e fazer mais shows com banda, pois o formato no qual geralmente faz shows é mais voz e violão. Sem contar que pretende buscar fazer shows fora de Sergipe para ampliar seus horizontes.
Ivan Reis não tem um gênero específico para o seu trabalho. “Ouvindo minha música, você vai perceber traços explícitos de rock, funk, blues, música negra em geral, além de música brasileira”. As suas principais influências musicais são: “Djavan”, “Cássia Eller”, “Lulu Santos”, “Herbert Vianna”, “Lenine”, “João Bosco” como cantor/compositor, “Eric Clapton”, “Warren Haynes”, “Stevie Ray Vaughan”, “Slash”, “Jimi Hendrix”. As circunstâncias que ocorrem no seu processo de criação acontecem sob diversas formas. “Às vezes parte de uma idéia que surge do nada. Um trecho de letra, uma frase melódica, até de um groove apenas. Assim como ocorre de vez em quando de sentar e dizer: "Vou fazer uma música". Ultimamente eu tenho feito muito isso: não esperar por inspiração. Encarar a música de forma mais prática e racional”. Os temas que geralmente são abordados em suas letras procuram falar de temas incomuns na música, e quando não são assim tão incomuns, são com formas mais peculiares possíveis, preocupando-se sempre em não torná-las subjetivas demais, pois de acordo com nosso artista, perde a graça. No que diz respeito à condição do artista no cenário local, Ivan percebe uma melhora, mas admite que ainda há um público limitado com predisposições a recepcionarem os trabalhos locais “Hoje em dia, a galera tem uma postura legal em relação aos artistas daqui. Mas ainda é uma coisa muito seleta. É um público super simpático e interessado mesmo, só que pequeno. Ficar em Sergipe fazendo música é um sonho. A gente nunca consegue ser, por exemplo, a atração principal de um evento de proporção maior com grandes públicos. Há uma razão para que o 'grande público' se interesse sempre mais pelo que vem de fora. Quando eu descobrir eu conto pra todo mundo”.
O leitor que se interessou pelo trabalho de Ivan Reis terá que ter um pouco de paciência, pois por enquanto só fez shows ao vivo. “Já, já sai o disco e todo mundo vai poder comprar. Já estou pensando num site também que entrará no ar junto com o lançamento do CD”.
Quem tiver interesse em entrar em contato com Ivan reis por celular: (079) 9996-0619
Por e-mail: zitoreis@gmail.co

2 comentários:

Ivan disse...

Valeu, Vina. Bem legal o texto! Abraço!!

Ivan disse...

Valeu, Vina! Bem legal o texto.
Abraço!